9 de novembro de 2020

Pelos dos gatos: como a escovação auxilia na saúde dos felinos

Se preferir, ouça a matéria:

Se você acha que escovar os pelos dos gatos é apenas uma questão estética, neste conteúdo vai perceber que esse cuidado também é necessário para a saúde deles. Além disso, essa atenção não é indicada apenas para os animais mais peludos, todos os gatinhos precisam dela.

Veja a seguir os principais benefícios da escovação e como ela deve ser feita.

Principais benefícios da escovação dos pelos dos gatos

Reforça o contato entre o pet e o tutor

Apesar de ser uma tarefa que deve fazer parte da sua rotina com o pet, o momento da escovação pode ser mais  que isso. Essa é a oportunidade de vocês se aproximarem ainda mais. Por isso, é importante que você escolha um horário em que possa se dedicar à escovação, que o ambiente esteja tranquilo e que o gato não esteja agitado ou estressado.

Remove pelos mortos

Os pelos dos gatos passam por renovações constantes e, por isso, vários fios se soltam da raiz. Se você não escova o pet, esses pelos mortos podem se embolar, causando nós ou cair pela casa. Ao retirá-los, você estimula o crescimento de nova pelagem e ajuda a manter a pele mais arejada.

SAIBA MAIS: COMO MANTER A CASA COM GATOS LIMPA E HIGIENIZADA

Evita a ingestão dos pelos

Que os gatos passam horas por dia lambendo o próprio pelo quase todo mundo já sabe. O que alguns tutores ainda não perceberam é que durante esse processo os pets podem engolir alguns fios. Quando em grande quantidade, isso pode ser ruim para a saúde dos felinos, já que podem se formar bolas de pelos no estômago, causando vômitos ou até mesmo a obstrução do trato digestivo.

Ajuda a identificar problemas dermatológicos

A escovação é uma ótima oportunidade para você verificar se está tudo bem com a saúde dermatológica do seu pet. Aproveite o momento para procurar manchas, descamação, feridas ou cortes. Nos gatos de pelagem longa, isso é ainda mais importante, pois a falta de ventilação e a umidade podem causar o aparecimento de fungos e levar a doenças na pele. Ao identificar qualquer sinal diferente, procure um Médico Veterinário para examiná-lo e indicar o melhor tratamento.

Frequência ideal de escovação

A quantidade de vezes que seu gato deve ser escovado depende de vários fatores. O primeiro deles é em relação ao comprimento. Quanto mais longo, maior será a probabilidade de desenvolver nós e, por isso, maior a necessidade de ser escovado. Além disso, a idade também deve ser observada. Se você tem um filhote em casa,  escove-o diariamente para que se acostume com o processo. Se ele já é adulto, e não está em período de troca da pelagem, o ideal é que seja escovado uma vez por semana.

SAIBAMAIS: CUIDADOS COM A SAÚDE E HIGIENE DO SEU PET DURANTE O BANHO E TOSA

Como fazer a escovação do pelo dos gatos

O mercado pet está cada vez mais voltado para o desenvolvimento de produtos que facilitem o dia a dia dos tutores e ofereçam os cuidados necessários aos animais. Por isso, você encontra uma grande variedade de escovas que podem ser usadas para desembaraçar os fios do seu gatoe remover nós. Além disso, shampoos e cremes desembaraçantes também estão disponíveis e ainda ajudam a deixar o pelo brilhoso e perfumado.

Para saber qual produto é mais indicado para a pelagem do seu pet, converse com o médico veterinário e peça orientações.

Escove no sentido certo

Fazer a escovação dos gatos não é apenas passar a escova. É preciso criar um ritual com seu pet e ainda seguir algumas dicas, conforme o tipo de pelo.

Gatos de pelo curto

Para essas raças, o ideal é que antes de escovar você faça uma massagem no sentido contrário ao crescimento do pelo. Isso ajuda a remover os fios mortos e estimula a tonificação da pele. Prefira uma escova macia para evitar danos à pelagem.

Gatos de pelo médio

Para esses felino, você pode optar por escovas mais rígidas, mas não tão duras. Elas deslizam melhor pelo comprimento do pelo e ajudam a desfazer os nós com mais facilidade. Lembre de escovar sempre na direção do comprimento do fio.

Gatos de pelo longo

Se você tem um gato peludo, a primeira coisa a providenciar é uma escova cardadeira. Ela possui um formato plano, dentes flexíveis e curvados. Deve ser passada primeiro na direção de crescimento do pelo e depois no sentido contrário. Em seguida, utilize um pente para verificar se ainda existem nós. Se encontrá-los, não corte nem puxe com força, tente desfazê-los cuidadosamente para não ferir seu gato nem deixá-lo traumatizado.

Em todos os casos, o momento da escovação deve ser de carinho e cuidado com o pet. E lembre de ter cuidado ao escovar regiões como a barriga, em torno das orelhas, olhos e focinho.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL BE220