16 de abril de 2021

Passeio com gatos: dicas e cuidados para ser um momento agradável

Se preferir, ouça a matéria:

Quem é gateiro de primeira viagem ou ainda não sabe muito sobre o mundo felino pode até se perguntar: passeio com gatos? Sim, isso é possível. Apesar de muitos acreditarem que essa espécie de pet não se adapta a coleiras ou guias, eles podem sim curtir uma voltinha guiada na rua.

Tanto faz se você mora em apartamento ou casa, restringir o acesso dos gatinhos à rua é essencial. Principalmente para mantê-los saudáveis, pois nas ruas podem ter contato com outros felinos que não foram vacinados e possuem doenças transmissíveis. Sem falar nos riscos de atropelamentos e outros perigos que andar sozinho oferece ao pet.

SAIBA MAIS: CONHEÇA AS ETAPAS DE DESENVOLVIMENTO DOS GATOS ATÉ A VIDA ADULTA

Por isso, para que seu gato não fique restrito ao ambiente de casa e possa explorar novos locais, é importante que ele seja educado para passear na guia.

Mas não basta apenas colocar a coleira, prender na guia e sair por aí. Você deve ter alguns cuidados para fazer desses momentos uma experiência agradável para seu pet. Portanto, preparamos algumas dicas que podem ser úteis.

 

passeio com gatos

 

4 dicas importantes para fazer passeio com gatos

1 – Vacinas em dia

Essa é regra de ouro até mesmo se você não pretende passear com seu gato na rua. Todos os felinos precisam de vacinas desde que são filhotes e ao longo da vida. A vacinação é o meio mais seguro de impedir que eles contraiam doenças, principalmente aquelas transmitidas por outros pets ou pelo ambiente, como rinotraquíte, raiva e FELV, a leucemia felina.

2 – Vermifugação frequente

A vermifugação é outro fator importante para a saúde do seu gato. Se ele estiver em dia com o controle parasitário, você evita a contaminação por vermes durante os passeios. Principalmente se for um local onde outros animais transitam e fazem xixi e cocô.

Por isso, antes de iniciar um passeio com gatos, consulte um Médico Veterinário para conferir se a vermifugação está em dia.

3 – Faça uma adaptação com a coleira

É bem comum uma cena de passeio com gatos em que o tutor precisa arrastar o pet até ele caminhar ou pegá-lo no colo. Para que isso não aconteça com você, antes de sair para as ruas com seu companheiro na guia, faça um período de adaptação.

Comece pela coleira. Coloque o acessório no pet e observe como ele se comporta. Alguns ficam incomodados no início, mas depois de alguns minutos se acostumam. Você não precisa deixá-lo o dia todo com a coleira, pode aumentar o tempo gradativamente, um dia depois do outro. Quando ele já estiver bem tranquilo, é hora de passear.

Mas, se o gatinho se mostrar irritado ou estressado assim que receber a coleira e essa situação permanecer, não insista e tire o acessório.

4 – Comece com passeios curtos

Nada de querer correr uma maratona com seu gato logo no primeiro dia. Se ele é daqueles que vive na janela, experimente andar inicialmente pela rua que ele já tem o costume de observar. Dessa forma, pode reconhecer o local e ficar mais tranquilo durante o passeio.

Depois que ele acostumar a andar por esse ambiente, mude o trajeto e permita que explore outros locais. Mas nada de ir para shoppings ou lugares muito movimentados. Apenas depois que ele já estiver bem acostumado aos passeios.

 

passeio com gatos

 

Como fazer do passeio com gatos um momento agradável

– Escolha uma coleira e guia que sejam confortáveis para o pet

– O ideal é ter também uma plaquinha de identificação com o nome dele, o seu e um telefone para contato

– Verifique se o local permite a presença de pets

– Escolha ambientes onde ele possa gastar energia

– Não deixe a guia muito curta

– Permita que eles explorem o local, a maioria ama subir em árvores

– Nunca tire a coleira. Isso evita fugas indesejadas

– Leve sempre um potinho com água e ração para seu gato

SAIBA MAIS: DEIXE A CASA PERFEITA PARA SEU GATO COM ENRIQUECIMENTO AMBIENTAL

Se o seu gatinho não curtir a ideia do passeio, não insista. É melhor investir no enriquecimento ambiental da sua casa e deixá-lo aproveitando os brinquedos e outros acessórios sem precisar ir à rua.

Além disso, o passeio com gatos não precisa necessariamente que ele ande pelo chão. Já existem no mercado alguns modelos de bolsas e mochilas para acomodar o pet e deixá-lo confortável enquanto você caminha pela rua. Essa pode ser uma ótima opção para tirá-lo de casa sem que ele precise caminhar.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL BE220