4 de maio de 2021

Castração de gatos: por que é importante para a saúde dos pets

Se preferir, ouça a matéria:

Ao contrário do que muitos tutores podem pensar, a castração de gatos não é uma decisão apenas para impedir a procriação. É muito mais que isso, é um gesto de amor e cuidado que pode salvar a vida dos felinos. Principalmente porque previne o surgimento de algumas doenças.

De acordo com os últimos dados da Abinpet, no Brasil existem cerca de 24,7 milhões de gatos. No entanto, esse número pode ser ainda maior, caso os tutores e o poder público não se conscientizem sobre a importância da castração. Afinal, ela evita que haja uma explosão populacional felina e, consequentemente, o aumento de animais abandonados nas ruas.

Umas das vozes fortes que atuam na defesa da castração de gatos é a ONG Adote Um Gatinho, que há quase 20 anos se dedica a resgatar, tratar, castrar e doar gatinhos para lares seguros em São Paulo. Além disso, a instituição desenvolve um trabalho de conscientização sobre a posse responsável, que inclui a necessidade de esterilizar os pets.

SAIBA MAIS: 8 DICAS VALIOSAS SOBRE ADOÇÃO DE GATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER

castração de gatos

Como é feita a castração de gatos

Castrar os pets ainda é um tema que traz muitos mitos, principalmente para os tutores que têm medo de seu animalzinho passar por uma cirurgia. Mas o que nem todos sabem é que esse procedimento é um dos mais simples realizados pelos Médicos Veterinários.

Até mesmo as anestesias, que causam receio nos humanos, hoje são aplicadas de forma segura e estão disponíveis em forma injetável ou inalatória. A escolha entre um ou outro anestésico depende da avaliação do veterinário e do anestesista em relação a alguns fatores como tamanho, idade, raça e peso do gato. Além disso, o profissional também investiga se o pet possui doenças pré-existentes para decidir qual tipo de anestesia utilizar.

Durante a cirurgia, o órgão reprodutivo do gato é retirado. No caso dos machos, apenas o testículo é extraído. Já as fêmeas têm a esterilização realizada por meio da retirada total de ovários e útero.

SAIBA MAIS: 7 PERGUNTAS PARA FAZER AO MÉDICO VETERINÁRIO NA PRIMEIRA CONSULTA DO SEU GATINHO

Em quase todos os casos, os pets retornam para casa no mesmo dia da cirurgia e o pós-operatório costuma ser uma fase tranquila. Nesse período de recuperação, no entanto, os tutores devem manter alguns cuidados. Entre eles, a administrar as medicações indicadas pelo Médico Veterinário e providenciar que o pet utilize o colar elisabetano ou a roupa cirúrgica para evitar que mexam nos pontos e não comprometerem a cicatrização.

castração de gatos

Principais benefícios da castração para os felinos

Os benefícios da castração de gatos que vão além da procriação excessiva. Além disso, ela proporciona mais qualidade de vida para os pets e melhora o relacionamento entre os animais e seus tutores.

Confira quais são esses benefícios e por que você deve castrar seu gaitnho.

Fêmeas

– Elimina o risco de gestações sequenciais

– Evita problemas de útero

– Reduz em até 80% o surgimento de câncer de mama

– Previne o desequilíbrio hormonal

Machos

– Reduz o comportamento de demarcação de território

– Diminui as fugas e o risco de contrair doenças como FIV e FELV, respectivamente, aids e leucemia felinas

– Ameniza a agressividade

A castração de gatos pode acontecer a partir dos cinco meses, tanto em fêmeas quanto em machos, desde que os pets estejam saudáveis e com seus órgãos sexuais desenvolvidos. Por isso, os tutores não precisam esperar que aconteça a primeira cria para providenciar a cirurgia.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL BE220