13 de dezembro de 2019

Viagem com pets: atenção à segurança e ao conforto de cães e gatos

Se preferir, ouça a matéria:

Está com as férias programadas e seu cão ou gato não pode ficar de fora dessa aventura? Então preste atenção no que a gente vai mostrar a seguir. Afinal, uma viagem com pets requer alguns cuidados, principalmente com a segurança e a saúde dos animais.

Uma das primeiras dicas é em relação à preparação da bagagem. Lembre de levar na mala alguns brinquedos, uma coberta ou mesmo a caminha que eles curtem dormir. Assim, sentem seus cheiros e têm a sensação de acolhimento desde a saída de casa. Seja para uma viagem de carro, ônibus ou avião.

SAIBA MAIS: TRÊS DICAS PARA EDUCAR SEU PET

Já durante a estadia em um local que não estão acostumados, outro fator importante é o que se refere à rotina do pet. Para não alterar muito seus hábitos, mantenha a frequência dos passeios que realizam juntos. No hotel, pousada ou casa das férias, também é importante deixar os potes de água e ração, a caminha e o tapete higiênico em locais de fácil acesso e, se possível, em posições semelhantes às que tem em casa.

Além disso, se for realizar alguma atividade que o pet não possa ir junto, observe bem o local onde ele irá ficar. O ideal é que seja um lugar tranquilo e confortável, para não deixá-lo estressado enquanto você estiver longe.

Atenção às regras para transporte de pets

Se a viagem com pets for de carro, atenção à legislação de trânsito para oferecer segurança e também conforto a seus bichinhos. Para isso, existem diversos equipamentos que auxiliam no transporte. 

As caixas, próprias para animais, são indicadas para gatos e cães de pequeno porte. Elas proporcionam segurança tanto para os pets quanto para os demais passageiros do veículo. Cachorros maiores podem ser levados com o cinto de segurança que prende na coleira e no banco de trás do carro.

Já quem vai sair de ônibus ou avião com seu animal de estimação, precisa seguir algumas regras. Nas duas opções, as orientações variam de acordo com as empresas. Mas, de forma geral, antes de chegar com o pet, a mala e a cuia, o ideal é entrar em contato com quem vai fazer o transporte e verificar os procedimentos exigidos, tamanho e espécies de animais permitidos. 

Ainda sobre o avião, grande parte das companhias autoriza que cães e gatos viajem na cabine, junto a seus donos, ou no bagageiro do avião, em caixas apropriadas.

Além disso, o tutor deve apresentar a carteira de vacinação do pet, com todas as doses em dia. Inclusive a antirrábica. Também é indicado que eles estejam vermifugados. Os animais devem permanecer o tempo todo da viagem dentro de suas caixinhas.

SAIBA MAIS: VERMIFUGAR CÃES E GATOS É PREVENÇÃO PARA TODA VIDA

Para destinos internacionais, as companhias aéreas recomendam procurar antes a autoridade sanitária ou o consulado do país que deseja visitar. Isso porque cada local tem restrições específicas relacionadas à segurança sanitária e à documentação exigida no transporte de animais. 

Alguns cuidados com a limpeza do carro e caixa de transporte após viagem com pets

No retorno das viagens, é preciso atenção com a limpeza da caixinha de transporte dos pets. Suor, xixi e outras secreções podem causar odores desagradáveis. Da mesma forma, quem aproveitou o passeio de carro com cães e gatos, deve fazer uma geral no veículo. Ainda mais se durante o trajeto algum imprevisto acontecer, com o pet fazer as necessidades dentro do carro ou passar mal. Se a viagem for muito longa, o cheiro natural do animal também pode ficar no automóvel. Nos dois casos, uma limpeza eficiente pode ser completada com o Enzimac spray. Nosso eliminador de odores pode ser aplicado diretamente em toda a caixa de transporte após a lavagem com água e sabão e também no estofado e tapetes do carro.

O produto é natural e também retira manchas orgânicas causadas por fezes, xixi, sangue ou vômito. Sua fórmula é natural, por isso é seguro tanto para animais como para humanos.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL