6 de maio de 2020

Saúde dos cães: 5 dicas para cuidar bem do seu pet

Se preferir, ouça a matéria:

Quem escolhe dividir o lar com um cachorrinho sabe que o cuidado com ele precisa ser por toda vida. Seja filhote ou já adulto, ter um pet em casa sempre requer atenção. Por isso, preparamos algumas dicas que vão ajudar a garantir a saúde dos cães. 

Entre todos os cuidados que devem ser adotados, a prevenção é o mais importante. Afinal, quando se trata da saúde dos pets, é mais fácil tomar todas as precauções possíveis do que lidar com as consequências das doenças.

SAIBA MAIS: MORAR COM CÃES – DICAS PARA UMA BOA CONVIVÊNCIA COM OS PETS

Uma das melhores formas de fazer isso é com as consultas frequentes ao Médico Veterinário. Somente este especialista é capaz de avaliar de forma segura se a saúde dos cães está em boas condições.

Além disso, existem outras dicas que auxiliam a manter o bem-estar dos cachorrinhos.

Principais cuidados para manter a saúde dos cães

Para promover o bem-estar dos pets, antes de tudo é preciso informação. Isso garante aos tutores que os cuidados necessários estão sendo providenciados. Por isso, preparamos as dicas a seguir.

1 – Vacinação

Providenciar que as vacinas dos cães estejam em dia deve ser a principal preocupação dos tutores. Afinal, são elas que protegem das principais e mais graves doenças que atingem os pets. 

Saúde dos cães

A primeira dose de vacina deve ser dada quando o cão tem em torno de seis semanas de vida e após já ter sido vermifugado. Essa primeira proteção, é chamada de V8, V10, V11 ou V12 e será definida pelo Médico Veterinário do seu pet. Ela é necessária para deixar o animalzinho protegido de doenças como cinomose, hepatite infecciosa, leptospirose e outras. Depois, para as doses seguintes, é preciso acompanhar o calendário de vacinação que é desenvolvido de acordo com a idade do pet e com a orientação do Médico Veterinário.

Além de manter o cronograma de vacinas atualizado, converse sempre com o Médico Veterinário para garantir que os medicamentos utilizados sejam seguros e de boa qualidade para o seu pet.

SAIBA MAIS: DESCUBRA OS ALIMENTOS PROIBIDOS PARA CÃES

No caso da adoção de cães adultos, quando não é possível identificar se foram vacinados, o ideal é sempre conversar com o Médico Veterinário. Ele vai avaliar o caso e indicar o que é correto fazer, inclusive se pode ser iniciado o ciclo de vacinação.

2 – Banho 

A boa saúde dos cães depende também das condições do ambiente em que eles vivem. Inclusive, quando bons hábitos de higiene são adotados, os riscos de contrair doenças também diminuem. Um desses cuidados é em relação aos banhos que, quando tomados frequentemente, evitam o acúmulo de sujeira e impedem a proliferação de infecções.

É na hora do banho em casa que os tutores conseguem observar melhor a saúde dermatológica dos cães. Além de analisar a presença de pulgas e carrapatos, por exemplo, podem identificar se há lesões, feridas ou manchas na pele.

Quanto à frequência, cães devem ser banhados a cada 15 dias. Esse intervalo é ideal para evitar a umidade corporal em excesso e manter a pele limpa.

SAIBA MAIS: MOMENTO DO BANHO EM PETS DEVE SER SEGURO E AGRADÁVEL PARA ELES

3 – Higiene bucal

A escovação dos dentes é outro cuidado fundamental para a saúde do pet. Afinal, a higiene bucal também evita o surgimento de doenças. Sem falar que impede o acúmulo de tártaro e a proliferação de bactérias pelo organismo. Por isso, deve ser feita com frequência e utilizando escova e creme dental exclusivo para uso animal.

4 – Escovação do pelo

A escovação do pelo do pet é um hábito que pode ser incorporado a sua rotina. Além de proporcionar mais proximidade entre animais e humanos, é um momento importante pois ajuda a eliminar os pelos soltos, remove a sujeira e minimiza a queda. Os movimentos da escovação também funcionam como uma massagem e ajudam a ativar a circulação dos pets.

Saúde dos cães

Mesmo os animais de pelo curto precisam deste cuidado. O ideal é passar a escova sempre na direção do pelo para facilitar a remoção dos fios. 

Sempre que necessário, a tosa também pode ser uma aliada. Afinal, cortar os pelos que vão cair é uma alternativa para evitar o excesso de fios pelo chão e ainda que fiquem emaranhados acumulem sujeiras ou parasitas.

5 – Higiene do ambiente auxilia na saúde dos cães

Assim como os humanos, os pets precisam, de um ambiente limpo para se manterem saudáveis. Como se sabe, uma quantidade significativa de bactérias e parasitas se alojam nos locais por onde os animais transitam.

Além do piso higienizado com frequência e do recolhimento e descarte correto das fezes dos cães, potes de ração e de água devem ser limpos. Nessa tarefa, é preciso ter cuidado com os produtos utilizados. O ideal é preferir sempre o uso de sabão neutro ou com o mínimo de química. 

O Enzimac Spray é uma alternativa segura e natural para deixar a casa e os objetos do pet livres de odores desagradáveis. Principalmente aqueles causados pelo xixi e cocô dos cães. Ele vem pronto para uso e pode ser aplicado diretamente no piso, em almofadas ou tapetes, logo após a limpeza com água e sabão neutro. Sua fórmula, à base de enzimas, não deixa resíduo e ainda degrada manchas de origem orgânica.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL