13 de junho de 2019

Otites em cães e gatos: mantenha as orelhas dos pets limpas e protegidas

Nossos animais de estimação precisam de um ambiente seguro, limpo e livre de umidade para viverem com saúde. Quando mantidos em locais sem estas condições ideais, ficam suscetíveis a vários problemas, inclusive a infecções de ouvido. Entre elas, as otites em cães e gatos são as mais comuns e se manifestam por várias causas.

Mas antes de identificá-las é preciso saber o que é esta doença. Existem dois tipos de otites em cães e gatos. A externa, que pode ser crônica, é caracterizada como uma inflamação persistente e contínua e atinge de 5% a 20% dos cães. Ou a aguda, dividida em crises que aparecem mais vezes, mas não tão longas.

SAIBA MAIS: 5 DICAS PARA A HIGIENIZAÇÃO CORRETA DAS ORELHAS DOS PETS

Os fatores para o surgimento da doença vão desde parasitas, bactérias e fungos a alergias e falta de cuidados com a higiene. Em todos os casos, somente um veterinário poderá avaliar a situação e indicar o melhor remédio.

A seguir, apresentamos uma lista de cuidados, principais causas, sintomas e tratamento da doença para auxiliar a identificar se o seu bichinho sofre com otite.

Principais cuidados para evitar otite em cães e gatos

No caso das otites, as inflamações no canal auditivo podem provocar dor e, em situações mais graves, levar à perda da audição temporal, coceira exagerada, vermelhidão e até mau cheiro nas orelhas. Raças de pelagem comprida são mais predispostas a desenvolver a doença, pois os ouvidos retêm mais sujeiras e a umidade tende a se acumular.

Para impedir que isso aconteça, evite que seu animal de estimação fique em locais com muita incidência de vento. Na hora do banho, além de secar bem o pelo e as orelhas de cães e gatos, é importante esperar alguns minutos antes de levá-los para a rua.

SAIBA MAIS: CUIDADO COM O EXCESSO DE BANHOS EM GATOS

Além disso, cuidados frequentes como a limpeza do conduto auditivo são essenciais. Mas essa tarefa deve ser feita com muito cuidado, para não empurrar a cera do ouvido para dentro da orelha e prejudicar a saúde do pet. Para auxiliar, você pode utilizar o Cleangard Oto, um higienizador auditivo indicado para cães e gatos. Seu uso pode ser feito de acordo com a necessidade de cada pet. O medicamento age como secante e antisséptico na remoção do excesso de cerúmen e de secreções com odores desagradáveis causadas pela transpiração. E ainda possui um agradável cheiro de capim limão.

Mas se mesmo com todos estes cuidados os animais apresentarem alguns dos sintomas a seguir, procure um médico veterinário para um diagnóstico preciso e a indicação do melhor tratamento. Além disso, fique de olho no que pode estar causando a doença para evitar que o quadro se repita.

Atenção aos sintomas das otites em cães e gatos

– Balançadas de cabeça, com movimento de “bater as orelhas”;

– Agressividade não observada antes;

– Irritabilidade ao ter as orelhas tocadas;

– Orelhas vermelhas, com espessura e cor diferentes;

– Falta de apetite;

– Apatia;

– Coçadas frequentes e de maior intensidade nas orelhas.

Causas mais comuns das otites nos pets

– Produção excessiva de cera;

– Higienização mal feita;

– Limpeza em excesso;

– Falta de cuidado com a secagem após o banho;

– Predisposição de algumas raças, como cocker, que possuem orelhas maiores e em formato pendular.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL