17 de abril de 2020

Gato vomitando? Descubra o que pode causar essa reação nos felinos

Se preferir, ouça a matéria:

Animais doentes são sempre motivo de preocupação para seus donos. Quando o caso envolve um gato vomitando, é preciso ligar o alerta porque isso pode ser sinal de que alguma coisa não esteja bem com a saúde do pet.

Comum de acontecer, isto pode ser resultado da curiosidade dos felinos, que os leva a engolir pequenos objetos e insetos, das lambidas no próprio pelo ou da ingestão de alimentos inapropriados.

SAIBA MAIS: ALIMENTOS PROIBIDOS PARA PETS – VEJA O QUE CÃES E GATOS NÃO PODEM COMER

Apesar de, na maioria dos casos, não apresentar gravidade, o vômito pode ser sintoma de alguma doença. Se isto acontecer com grande frequência, o primeiro passo é consultar um Médico Veterinário para investigar as causas. Disfunção no sistema digestivo, insuficiência renal, intolerância, alergia, gastrite, parasitos intestinais, diabetes e pancreatite são algumas das doenças que podem apresentar este sintoma.

Por isso, ao chegar no consultório, é importante informar ao profissional por quanto tempo o gato está vomitando. Mesmo que desagradável, também é necessário indicar a cor da secreção expelida, se há sinais da presença de objetos ou outros elementos para agilizar o diagnóstico.

gatos vomitando

Para auxiliar você a levar informações mais precisas ao veterinário, a seguir apresentamos os principais tipos e causas de vômito em felinos.

Quais os principais tipos de secreção 

1 – Biliar

De coloração amarela-esverdeada, acontece para mostrar que não há mais alimento a ser expelido pelo estômago do felino.

2 – Por causa dos pelos

De consistência mais firme, esta secreção é reconhecida com facilidade pois se assemelha a uma bola de pelos. Sua causa são as constantes lambidas que o bichano dá em si mesmo.

3 – Com sangue

Tem consistência pastosa, coloração variada e com pequenos fios ou grande quantidade de sangue. Quando acontece, é sinal de alerta para casos de gastrite ou até envenenamento.

4 – Fecal

Em casos mais raros, os gatos podem expelir as fezes através do vômito e acontece quando há uma obstrução no estômago.

Descubra o que fazer se encontrar seu gato vomitando

Como já falamos, o primeiro passo sempre que algo não estiver certo com seu pet é procurar um Médico Veterinário. Porém, dependendo do tipo de secreção que ele expele e do tempo que o gato está nessa situação algumas outras atitudes podem ser tomadas.

gatos vomitando

É importante também observar o comportamento dele. Além das lambidas excessivas no pelo, que levam à ingestão de alguns fiapos, comer muito rápido também pode causar vômito. Analise se o gato vai afoito ao pote de ração sempre que a comida é colocada e depois regurgita. Se isso acontece, talvez seja o caso de trocar o comedouro. Potes em formato de espiral podem ajudar, já que dificultam um pouco o acesso à ração.

Outro caso que pode causar náuseas nos bichanos é quando você troca a ração. Preste atenção sempre que oferecer uma marca nova marca ou trocar da dieta seca para alimentos enlatados. Alguns ingredientes podem causar irritação no estômago do pet.

No entanto, se os episódios de vômito estiverem acompanhados de outros sintomas como diarreia, falta de apetite, prisão de ventre ou febre, as causas podem ser outras. Parasitas, infecções causadas por bactérias ou outras doenças também podem causar esse sintoma. Por isso, mesmo que pareça algo comum, o melhor é sempre procurar um Médico Veterinário para avaliar o gato.

SAIBA MAIS: VERMES EM CÃES E GATOS – DESCUBRA TUDO PARA COMBATER A GIARDÍASE

Nos casos em que o vômito é causado por bactérias, converse com o profissional sobre o tratamento ser feito com Enrogard. O comprimido desenvolvido pela Labgard possui ação antimicrobiana bactericida e é indicado para quadros de infecção. Com três apresentações, 15, 50 e 150mg, permite adequar as dosagens ao tamanho do animal. Assim você finaliza o tratamento de forma segura e com a certeza de dar as doses extars ao pet.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL