18 de julho de 2018

Doença do carrapato: saiba como prevenir e tratar

A melhor forma de deixar cães e gatos longe da infestação de carrapatos é a prevenção. Manter o ambiente limpo, revisar o pelo dos pets e higienizar camas, roupinhas, casinhas e quintais são ações que contribuem para evitar a proliferação dos parasitos e também a doença do carrapato.

Entre os vários benefícios de manter os parasitos longe dos animais, evitar a coceira é o mais comum. Além disso, impede que doenças graves e fatais que atingem a corrente sanguínea dos pets, como babesiose e erliquiose, se manifestem.

SAIBA MAIS: SEUS PETS LIVRES DE PULGAS E CARRAPATOS

A seguir, veja como prevenir as infestações de carrapatos e qual o melhor tratamento caso os pets contraiam alguma doença transmitida pelos parasitos.

Como prevenir infestações de carrapatos

Os carrapatos nascem de ovos que podem ser encontrados em vários ambientes onde os pets transitam ou se alojar em almofadas, cobertores e mobílias. Estes parasitos iniciam sua vida como larvas e, no estágio adulto, as fêmeas depositam novos ovos para dar sequência ao ciclo. Por isso, além realizar tratamento no corpo dos pets, é necessário cuidar para que quintais e jardins sejam higienizados e imunizados contra carrapatos. Para isso, utilize Kit Lar Plus ou Kit Lar aerossol.

Para saber que seu pet não está infestado, mantenha uma rotina de supervisão. Passe os dedos vagarosamente por toda a pelagem e preste atenção à presença dos parasitos. Verifique especialmente regiões entre os dedos, orelhas e virilhas, locais preferidos para os parasitos se alojarem.

SAIBA MAIS: SEU PET MERECE UMA CAMINHA LIMPA E CHEIROSA

Como tratar a doença do carrapato

Se mesmo com todos os cuidados seu cão ou gato foram picados por carrapato e contraíram alguma das hemoparasitoses (doenças na corrente sanguínea) transmitidas por ele, saiba que é possível fazer um tratamento eficaz. Neste caso, leve o animal ao médico veterinário para um diagnóstico seguro e peça a ele orientações para uso do Doxygard.

Este medicamento desenvolvido pela Labgard está disponível em quatro versões:  x-small 25mg, mini 50mg, medium 100mg e maxi 200mg, ideal para adaptar a dosagem ao tamanho dos animais. Elas formam a linha de antimicrobiano à base de doxiciclina mais completa do mercado. Além disso, todos os comprimidos são divisíveis e palatáveis. O medicamento também é indicado para combater afecções respiratórias, geniturinárias, gastrointestinais e infecções articulares.

© LABGARD SAÚDE ANIMAL